BlouVlei

Blouvlei 2010

SAFRA: 2010
REGIÃO: Paarl – África do Sul
TIPO: Vinho tinto, 77% Cabernet Sauvignon, 13% Shiraz, 10% Merlot
ÁLCOOL: 13,5%

HISTÓRICO: A vinícola Mont du Toit situa-se aos pés da montanha Hawequa, em Wellington, na divisa com Paarl, região importante na produção de vinhos na África do Sul. A propriedade foi adquirida por Stephan (advogado) e Carolina du Toit (de descendência alemã) em 1996 com o propósito de elaborar premium blends de tintos, sendo que a família du Toit está envolvida com viticultura desde 1691. A produção é baseada no estilo tradicional “low-tech”, mais afrancesado. A filosofia baseia-se no cultivo das cepas adequadas, com baixa produtividade, descartando o excesso de uvas através da poda dos cachos e meticulosamente colhendo de forma manual apenas as uvas bem maduras. Todo o processo de vinificação é por ação da gravidade. Cada variedade é vinificada separadamente, sob o olhar atento do reconhecido enólogo alemão Bernd Philippi. A hábil mistura das diferentes variedades obtém uma complexidade harmoniosa de aromas e sabores. Não há uma fórmula definida e cada ano a natureza dita como será o blending. Fazendo jus à sua política social, cinco anos atrás Stephan du Toit introduziu a linha Blouvlei, traduzida por “poça ´d’água azul”, que pertence aos empregados, responsáveis desde a produção até a venda, dividindo entre eles os lucros. Já a vinícola dá o suporte técnico, financeiro e administrativo. Após degustar mais de 1200 vinhos, o crítico Neil Pendock, em seu guia Great Value Guru (GVG), elegeu a safra anterior como o melhor vinho tinto sul-africano na relação preço/qualidade.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Um grande corte: a parte majoritária de Cabernet Sauvignon fornece estrutura, a Merlot confere elegância e a Shiraz traz uma combinação de especiarias, dando o toque final da mãe-terra. Vinho com cor vermelha com tons de rubi-escuro. Intenso bouquet frutado com sabores de ameixa. Equilibrado e agradável sensação no paladar. Envelheceu por 18 meses em carvalho francês.

ENVELHECIMENTO: Pronto para ser degustado ou aguardar de seis a oito anos.