Arquivos

Old Block Shiraz

SAFRA: 2009
REGIÃO: Barossa/ Eden Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Shiraz
ÁLCOOL: 14,5%

HISTÓRICO: Celebrado ícone australiano. As uvas Shiraz são colhidas de parreiras velhas – todas com mais de 60 anos e algumas acima dos 100 anos. Desde meados da década de 80, o estilo do St Hallett Old Block foi definido pelo equilíbrio de atributos de ambas sub-regiões: o clima quente de Barossa Valley e a altitude de Eden Valley. Especificamente, Barossa Valley dá ao Old Block a estrutura concentrada de frutas, sendo que Eden Valley proporciona a espinha dorsal dos aromas florais, alguns com textura herbácea e intensidade mineral. Recebeu 96 pontos do crítico James Halliday em seu guia Australian Wine Company 2009 e 92 pontos do site especializado Australian Wine Review.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Cor rubi com atrativo halo púrpura. Bouquet floral com frutas vermelhas e amoras não muito maduras. Paladar vivo, vibrante e em camadas. Fruta com grande complexidade, com poder contido e presente elegância. Toques de café e chocolate escuro.As vinhas antigas mostram-se na complexidade e textura dos taninos finos, o que dá uma estrutura precisa. O reconhecido carimbo do vinho Old Block Shiraz é sua elegância, que mantém-se presente nesta safra, mostrando uma atípica potência enquanto jovem, logo tornando-se maleável e dócil. Estagiou por 24 meses em carvalhos americano e francês francês. Sugere-se decantar de 2 a 3 horas antes de servir. Excelente com carne defumada, veado e outras caças, ou cordeiro assado.

ENVELHECIMENTO: Este vinho se desenvolverá majestosamente nos próximos anos e atingirá seu pico em duas décadas.

Gamekeeper’s Shiraz Grenache Touriga

SAFRA: 2013
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 50% Shiraz, 41% Grenache e 9% Touriga Nacional
ÁLCOOL: 13,5%

HISTÓRICO: Nos últimos anos, foram realizados extensivos testes para saber os melhores tipos de leveduras adequados a este estilo de vinho. O objetivo é ressaltar os aromas terrosos, florais, picante e de frutas frescas emprestados pelas uvas Grenache e Touriga Nacional, além de usar a voluptuosidade e chocolate doce da Shiraz para fortalecer o peso e a estrutura no paladar. Neste caso, pode-se comprovar a idéia de que “a soma das partes é melhor do que um simples componente”. O troféu Jimmy Watson é a premiação mais importante no mundo do vinho australiano – e este humilde tinto quase o levou em 2014! Vencedor do Troféu de ‘Best Red Blend‘, angariando maciços 95 pontos, este extremamente saboroso rótulo de Barossa transborda de fruta suculenta e mostra final com taninos macios. A safra 2010 recebeu 94 pontos do respeitado crítico James Halliday.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Vibrante cor cereja e tom violeta, marca registrada da juventude exuberante deste vinho. O aroma de “turkish delight” (bala de goma/manjar turco) e frutas silvestres maduras, atribuído à Touriga Nacional, é proeminente no nariz. No paladar, o picante da pimenta, os taninos e o peso da Shiraz, combinam-se com sabores suculentos de framboesa advindos da Grenache, além do toque floral da Touriga. Cada cepa adiciona uma diferente e deliciosa camada a este vinho. Corpo médio, final macio e taninos assertivos. Este vinho não estagiou em carvalho. Sirva com antepasto, salame, presunto, salsicha de porco grelhada e carnes defumadas. Numa alusão ao rótulo, faça como os caçadores, que costumam indulgir-se com pato preparado da forma clássica – braised duck.

ENVELHECIMENTO: Degustações de Gamekeeper´s Reserve do início dos anos 90 mostram que envelhecem graciosamente.