Arquivos

Old Block Shiraz

SAFRA: 2009
REGIÃO: Barossa/ Eden Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Shiraz
ÁLCOOL: 14,5%

HISTÓRICO: Celebrado ícone australiano. As uvas Shiraz são colhidas de parreiras velhas – todas com mais de 60 anos e algumas acima dos 100 anos. Desde meados da década de 80, o estilo do St Hallett Old Block foi definido pelo equilíbrio de atributos de ambas sub-regiões: o clima quente de Barossa Valley e a altitude de Eden Valley. Especificamente, Barossa Valley dá ao Old Block a estrutura concentrada de frutas, sendo que Eden Valley proporciona a espinha dorsal dos aromas florais, alguns com textura herbácea e intensidade mineral. Recebeu 96 pontos do crítico James Halliday em seu guia Australian Wine Company 2009 e 92 pontos do site especializado Australian Wine Review.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Cor rubi com atrativo halo púrpura. Bouquet floral com frutas vermelhas e amoras não muito maduras. Paladar vivo, vibrante e em camadas. Fruta com grande complexidade, com poder contido e presente elegância. Toques de café e chocolate escuro.As vinhas antigas mostram-se na complexidade e textura dos taninos finos, o que dá uma estrutura precisa. O reconhecido carimbo do vinho Old Block Shiraz é sua elegância, que mantém-se presente nesta safra, mostrando uma atípica potência enquanto jovem, logo tornando-se maleável e dócil. Estagiou por 24 meses em carvalhos americano e francês francês. Sugere-se decantar de 2 a 3 horas antes de servir. Excelente com carne defumada, veado e outras caças, ou cordeiro assado.

ENVELHECIMENTO: Este vinho se desenvolverá majestosamente nos próximos anos e atingirá seu pico em duas décadas.

Faith Shiraz

SAFRA: 2004
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Shiraz
ÁLCOOL: 14,0%

HISTÓRICO: Por muitos anos este vinho vem sendo considerado como o Shiraz que melhor expressa as características típicas de Barossa Valley. A maioria das vinícolas da região baseiam-se nele como padrão. Após um mês de fevereiro quente, as condições secas para a colheita de 2004 permitiram o amadurecimento e a otimização da uva, produzindo frutas com excelente sabor e coloração rica e profunda. As uvas foram escolhidas em inúmeros vinhedos da região de Barossa, de Lyndoch no sul a Eden Valley na região oeste, proporcionando uma mescla de sabores de clima e solo. A fruta é colhida durante a fase quente do dia, trazida à vinícola e imediatamente macerada em tonéis de aço inoxidável. A fermentação ocorre de 6 a 8 dias, com algumas variações nas técnicas de manuseio, para extrair o máximo da fruta, tanto em sabor como em textura das diferentes parcelas e ainda agregar o máximo de complexidade ao vinho final. Recebeu 90 pontos no The Penguin Good Australian Wine Guide, considerado “Best Red Wine” pelo Uncorked (AUS), 88 pontos da revista Australian Gourmet Traveller Wine e 90 pontos do crítico enólogo James Halliday’ Vinho considerado pela indústria local como “parâmetro e típico representante” de Shiraz proveniente de Barossa Valley, congregando todas as características esperadas desta cepa nesta região.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Coloração vermelho-rubi. Aromas de framboesa, moca e cereja. Seu paladar tem traços vibrantes de cerejas negras, framboesa e rico sabor de chocolate, equilibrado por uma textura macia devido aos taninos finos e toques de baunilha. De modo geral, o paladar é prestigiado por frutas maduras e suculentas, sendo esta generosidade o ponto marcante do vinho Shiraz de Barossa Valley. Envelhecido por 12 a 16 meses em carvalho francês e americano antes do blending final e engarrafamento. Este vinho é perfeito para acompanhar carnes grelhadas, carneiro ou steak. É também muito versátil com várias cozinhas: experimente com curries aromáticos temperados com canela e cardamomo. Entretanto, pode ser apreciado sozinho pois a fruta preenche o copo.

ENVELHECIMENTO: Acessível agora, mas ganha com guarda de mais de dez anos, tornando-se mais complexo.

Gamekeeper’s Shiraz Grenache Touriga

SAFRA: 2013
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 50% Shiraz, 41% Grenache e 9% Touriga Nacional
ÁLCOOL: 13,5%

HISTÓRICO: Nos últimos anos, foram realizados extensivos testes para saber os melhores tipos de leveduras adequados a este estilo de vinho. O objetivo é ressaltar os aromas terrosos, florais, picante e de frutas frescas emprestados pelas uvas Grenache e Touriga Nacional, além de usar a voluptuosidade e chocolate doce da Shiraz para fortalecer o peso e a estrutura no paladar. Neste caso, pode-se comprovar a idéia de que “a soma das partes é melhor do que um simples componente”. O troféu Jimmy Watson é a premiação mais importante no mundo do vinho australiano – e este humilde tinto quase o levou em 2014! Vencedor do Troféu de ‘Best Red Blend‘, angariando maciços 95 pontos, este extremamente saboroso rótulo de Barossa transborda de fruta suculenta e mostra final com taninos macios. A safra 2010 recebeu 94 pontos do respeitado crítico James Halliday.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Vibrante cor cereja e tom violeta, marca registrada da juventude exuberante deste vinho. O aroma de “turkish delight” (bala de goma/manjar turco) e frutas silvestres maduras, atribuído à Touriga Nacional, é proeminente no nariz. No paladar, o picante da pimenta, os taninos e o peso da Shiraz, combinam-se com sabores suculentos de framboesa advindos da Grenache, além do toque floral da Touriga. Cada cepa adiciona uma diferente e deliciosa camada a este vinho. Corpo médio, final macio e taninos assertivos. Este vinho não estagiou em carvalho. Sirva com antepasto, salame, presunto, salsicha de porco grelhada e carnes defumadas. Numa alusão ao rótulo, faça como os caçadores, que costumam indulgir-se com pato preparado da forma clássica – braised duck.

ENVELHECIMENTO: Pronto para beber, mas recente degustação de Gamekeeper´s Reserve do início dos anos 90 mostrou que envelhecem graciosamente.