Arquivos

Basket Press Shiraz Museum Release

SAFRA: 1997 – Museum Release
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Shiraz
ÁLCOOL: 14,5%

HISTÓRICO: Rockford só pode ser descrita como ícone, não importa quão demasiadamente usada tenha sido essa palavra. Apesar da sua relativa juventude (estabelecida em 1984), Rockford é uma celebração dos velhos tempos de Barossa, com os vinhos feitos artesanalmente com equipamentos oriundos da virada do século retrasado. O proprietário e enólogo Robert O’Callaghan começou no ofício em 1965 na vinícola Seppelt, em Rutherglen. O’Callaghan salvou da demolição um complexo histórico de pedra de 1850 na vila de Krondorf, onde ele coleciona apetrechos antigos como trituradores manuais e tanques abertos de fermentação em ardósia que adornam a vinícola, embora a produção do vinho seja um pouco mais moderna. Os vinhos são feitos a partir de vinhas velhas de pouca irrigação, portanto são a pura expressão do terroir e condições da safra. O modelo da garrafa marrom de cintura alta dos anos 40 tornou-se sua marca registrada. A vinícola ganhou 5 estrelas vermelhas no Australian Wine Companion 2015, de James Halliday. Recebeu 96 pontos de Halliday, 93 de Jeremy Oliver e 91 de Robert Parker, além de constar no livro “1001 wines you must try before you die”.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Mais do que qualquer outro, Basket Press Shiraz é o rótulo-assinatura. Encorpado, é feito de forma artesanal, com equipamentos da virada do século passado e, em seguida, envelhecido em barricas americana e francesa por dois anos. As videiras tem entre 60 a 140 anos. Possui cor profunda e mostra aromas de chocolate escuro e frutas maduras. O paladar é complexo, com defumado, terroso e especiarias. Os taninos são refinados e o final é persistente. Mostra um poder discreto, equilíbrio e mineralidade que evocam o caráter da fruta e da safra. Basket Press é um estilo que lembra a maturação dos vinhos de Barossa feitos entre 1950 e 1960. No entanto, o seu frescor e flexibilidade refletem a filosofia contemporânea de vinificação.

ENVELHECIMENTO: Com estrutura para envelhecer graciosamente por trinta anos.

Basket Press Shiraz

SAFRA: 2007
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Shiraz
ÁLCOOL: 14,5%

HISTÓRICO: Rockford só pode ser descrita como ícone, não importa quão demasiadamente usada tenha sido essa palavra. Apesar da sua relativa juventude (estabelecida em 1984), Rockford é uma celebração dos velhos tempos de Barossa, com os vinhos feitos artesanalmente com equipamentos oriundos da virada do século retrasado. O proprietário e enólogo Robert O’Callaghan começou no ofício em 1965 na vinícola Seppelt, em Rutherglen: “Foi um aprendizado maravilhoso no antigo, ordenado, lento e suave comércio do vinho australiano. Os vinhos que bebi, os enólogos das gerações anteriores com quem convivi e tudo o que absorvi naquele período tiveram uma grande influência sobre a forma como Rockford é hoje.” O’Callaghan salvou da demolição um complexo histórico de pedra de 1850 na vila de Krondorf, onde ele coleciona apetrechos antigos como trituradores manuais e tanques abertos de fermentação em ardósia que adornam a vinícola, embora a produção do vinho seja um pouco mais moderna. Os vinhos são feitos a partir de vinhas velhas de pouca irrigação, portanto são a pura expressão do terroir e condições da safra. O modelo da garrafa marrom de cintura alta dos anos 40 tornou-se sua marca registrada. A vinícola ganhou 5 estrelas vermelhas no Australian Wine Companion 2015, de James Halliday. Consta como “Exceptional” na Langton´s List e recebeu 92 pontos de Halliday.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Mais do que qualquer outro, Basket Press Shiraz é o rótulo-assinatura. Encorpado, é feito de forma artesanal, com equipamentos da virada do século passado e, em seguida, envelhecido em barricas americana e francesa por dois anos. As videiras tem entre 60 a 140 anos. Possui cor profunda e mostra aromas de chocolate escuro e frutas maduras. O paladar é intenso e muito complexo, com taninos redondos. Mostra um poder discreto, equilíbrio e mineralidade que evocam o caráter da fruta e da safra. Basket Press é um estilo que lembra a maturação dos vinhos de Barossa feitos entre 1950 e 1960. No entanto, o seu frescor e flexibilidade refletem a filosofia contemporânea de vinificação.

ENVELHECIMENTO: Com estrutura para envelhecer graciosamente por vinte anos.

Rifle Range Cabernet
Sauvignon

SAFRA: 2007
REGIÃO: Barossa Valley (Austrália do Sul)
TIPO: Vinho Tinto, 100% Cabernet Sauvignon
ÁLCOOL: 14,5%

HISTÓRICO: Rockford só pode ser descrita como ícone, não importa quão demasiadamente usada tenha sido essa palavra. Apesar da sua relativa juventude (estabelecida em 1984), Rockford é uma celebração dos velhos tempos de Barossa, com os vinhos feitos artesanalmente com equipamentos oriundos da virada do século retrasado. O proprietário e enólogo Robert O’Callaghan começou no ofício em 1965 na vinícola Seppelt, em Rutherglen. Ele salvou de demolição um complexo histórico de pedra de1850 na vila de Krondorf, onde ele coleciona apetrechos antigos como trituradores manuais e tanques abertos de fermentação em ardósia que adornam a vinícola, embora a produção do vinho seja um pouco mais moderna. Os vinhos são feitos a partir de vinhas velhas de pouca irrigação, portanto são a pura expressão do terroir e condições da safra. O modelo da garrafa marrom de cintura alta dos anos 40 tornou-se sua marca registrada. A vinícola ganhou 5 estrelas vermelhas no Australian Wine Companion 2015, de James Halliday, que avaliou em 94 pontos este Cabernet Sauvignon.

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Embora este varietal mostre as típicas características regionais, também tem a filosofia Rockford estampada nele – um vinho com sabor rico e macio, elaborado a partir de uvas amadurecidas de forma correta, utilizando técnicas de vinificação tradicionais. É envelhecido por dois anos em uma série de barricas de carvalho francês e americano. Assim, os taninos integram-se bem e consolidam-se os sabores, resultando em um vinho voluptuoso, complexo, rico, suave no médio paladar e com belo final terroso.

ENVELHECIMENTO: O vinho pode ser apreciado em sua juventude ou desenvolver-se por mais 10 a 15 anos.